Artigo

Artigos

A família no aprendizado escolar

A presença ou ausência da família na vida escolar da criança tem grande impacto na aprendizagem, assim como na formação integral desse ser humano. Sabemos que a instituição família vem sofrendo grandes mudanças ao longo dos anos. Há poucas décadas, a maioria das famílias era composta de pai, mãe e filhos, onde a mãe exercia […]


Em 06 de março de 2018

Compartilhar este artigo

A presença ou ausência da família na vida escolar da criança tem grande impacto na aprendizagem, assim como na formação integral desse ser humano.

Sabemos que a instituição família vem sofrendo grandes mudanças ao longo dos anos. Há poucas décadas, a maioria das famílias era composta de pai, mãe e filhos, onde a mãe exercia o papel de cuidar do lar e dos filhos, enquanto a função do pai era sustentar a casa. Hoje, as mulheres ganharam o mercado de trabalho e vêm se desdobrando para dar conta de múltiplas tarefas.

Por outro lado, os homens também começaram a assumir funções que antes eram direcionadas apenas às mulheres, e as responsabilidades familiares passaram a ser divididas com mais igualdade. Atualmente, o conceito de família mudou e ela pode ser composta de maneiras variadas. Entretanto, para as crianças o essencial é que os seus responsáveis sejam eles pais, mães, avós ou tios, proporcionem um ambiente familiar cheio de afeto e respeito e que atendam suas necessidades e direitos, contribuindo para uma formação humana de qualidade.
Escola e Família
A família é fundamental na formação integral do ser humano. Os familiares são os primeiros educadores com quem as crianças têm contato, é com eles que aprendem a falar, andar e formam valores que levarão para o resto da vida. É principalmente através das experiências vivenciadas no seio familiar que a criança vai formar sua personalidade.

A escola também exerce um papel fundamental nessa formação, contribuindo para o desenvolvimento do cidadão, proporcionando um espaço de construção de conhecimentos onde a criança tem a oportunidade de conviver com outras crianças e adultos. Essas duas instituições – escola e família- são imprescindíveis no processo de ensino-aprendizagem. Com papéis específicos, uma não substitui a outra, por isso é fundamental que as duas sejam aliadas e caminhem de mãos dadas.
Responsabilidade familiar
A presença ou ausência da família na vida escolar da criança tem grande impacto na aprendizagem, assim como na formação integral desse ser humano. Algumas atitudes que devem fazer parte da rotina familiar e que podem fazer uma grande diferença de maneira positiva, são:

Procurar conhecer e entender o projeto pedagógico da escola do seu filho;
Demonstrar interesse pela vida escolar da criança, perguntar como foi na escola, o que aprendeu naquele dia, qual a atividade que mais gostou;
Conhecer os professores, conversar com eles sobre o desempenho do seu filho;
Dar importância à escola e às aulas, não deixar que a criança falte sem motivos;
Ensinar e incentivar a ter responsabilidade, entregando os trabalhos dentro prazo estabelecido pelo professor, ajudar neste processo;
Ir às reuniões escolares;
Elogiar os avanços da criança e reconhecer seu esforço;
Se alguma dificuldade for detectada, ajudar a superá-la. É ideal conversar na escola sobre o assunto, buscar auxílio e, se for preciso, procurar profissionais especializados.

Formação integral do aluno
A parceria entre escola e família é imprescindível para uma aprendizagem de qualidade, portanto a escolha da escola pela família é o início de um importante processo.

O Colégio Suíço-Brasileiro de Curitiba é uma instituição de ensino multilíngue comprometida com a formação integral do ser humano e que valoriza a participação da família, tendo como objetivo um desempenho escolar de qualidade. Ela dispõe de uma equipe pedagógica formada por profissionais especializados e comprometidos com o pleno desenvolvimento dos alunos. Saiba mais aqui ou agende uma visita pelo telefone (41) 3525-9100.

 

 

Fontes: Tutores; Brasil Escola.