Artigo

Notícias

Atributos do IB Learner Profile em sala de aula

Trabalhando PRINCIPLED no 1º anoPara trabalhar o atributo Principled, os alunos do 1º ano A construíram uma história coletiva a partir de imagens. A metodologia de trabalho utilizada foi “Bola de Neve”, na qual os alunos iniciam a atividade individualmente e, depois, em grupos cada vez maiores, precisam discutir sobre suas ideias e chegar a […]


Em 25 de junho de 2018

Compartilhar este artigo

Trabalhando PRINCIPLED no 1º ano
Para trabalhar o atributo Principled, os alunos do 1º ano A construíram uma história coletiva a partir de imagens. A metodologia de trabalho utilizada foi “Bola de Neve”, na qual os alunos iniciam a atividade individualmente e, depois, em grupos cada vez maiores, precisam discutir sobre suas ideias e chegar a um consenso.

Inicialmente, cada aluno recebeu uma imagem e teve alguns minutos para imaginar uma história a partir dela. Em seguida, as crianças formaram duplas e, juntas, reorganizaram suas ideias levando em consideração duas imagens da história.

 

Na próxima etapa, as duplas se juntaram em quartetos e, mais uma vez, reorganizaram a história, agora com quatro imagens.

Em seguida, dois quartetos formaram um grupo, agora de posse das oito imagens que formavam toda história. As crianças expuseram suas ideias e, em conjunto, construíram a versão final da história. Neste momento, foi importante o trabalho em equipe, o respeito e a valorização das ideias e das opiniões de cada um.

Para finalizar, cada grupo apresentou para os demais colegas a história que criou.

No decorrer da atividade, foi possível observar o engajamento das crianças e a capacidade de trabalhar em equipe, apesar das diferenças entre cada uma delas.

Trabalhando PRINCIPLED no 3º ano A
Os alunos do 3º ano A trabalharam o atributo Principled” com a metodologia “Schneeball”, também conhecida como “1-2-4-alle Methode”, isto  é, bola de neve ou Método 1-2-4-todos. Os alunos trabalharam com o tema estimativa. Num primeiro momento, cada criança recebeu uma tarefa para pensar individualmente.

Em seguida, formaram-se duplas, em que as crianças pudessem conversar sobre o que cada um pensou inicialmente. Discutiram, compararam e analisaram as informações entre si.

Após a discussão em duplas, os alunos se reuniram em grupos de 4 crianças e discutiram suas estimativas. Nesse momento, eles experimentaram fazendo verificações nos objetos, comparando  seus resultados com o que a realidade lhes apresentava.

E finalmente o trabalho culminou numa apresentação para toda a classe sobre os resultados obtidos de cada grupo.

Trabalhando PRINCIPLED no 3º ano B
Para trabalhar o atributo Principled, os alunos do 3º ano B utilizaram seus conhecimentos acerca do gênero textual “Conto de Fadas”, trabalhado durante o bimestre nas aulas de Língua Portuguesa. Também aqui a metodologia utilizada foi “Bola de Neve”. A partir dos pontos principais dos contos de fadas, as crianças construíram um nova história, observando alguns elementos dados pelas professoras.

Na primeira etapa da atividade, as crianças individualmente criaram uma situação inicial para a história. Para isso, os alunos tiveram que considerar uma imagem com a personagem principal do conto a ser criado.

Na etapa seguinte, já em duplas, as crianças tiveram que ler suas ideias uma para a outra e, juntas, elaborar uma única situação para o conto. Feito isso, as duplas receberam um novo desafio: criar o conflito da história, a partir de uma nova imagem que apresentava, também, o elemento malévolo do conto.

Reunidas em quartetos, as crianças tiveram que, mais uma vez, reorganizar suas ideias e escrever uma única situação inicial e conflito, a partir das opiniões de todos do grupo.  Além disso, os grupos receberam a tarefa de finalizar o conto, já de posse dos demais elementos da história: herói e objeto mágico.

 

Para finalizar a atividade, cada grupo apresentou o conto que criou para os demais colegas.

Durante todo o trabalho, foi possível observar que as crianças buscaram soluções para as dificuldades que foram surgindo no decorrer da tarefa, uma vez que tiveram que, muitas vezes, reconsiderar suas ideias e chegar, juntas, a um consenso.

Engajamento e criatividade não faltaram!