Artikel

Artikel

Interdisciplinaridade: como funciona?

A interdisciplinaridade funciona ao buscar garantir que a construção do conhecimento seja global. A interdisciplinaridade funciona ao buscar garantir que a construção do conhecimento seja global. Assim, espera-se que ela rompa com os limites de cada disciplina separadamente. Em poucas palavras, seu significado é: a integração global do conteúdo ensinado em algumas disciplinas, ligando o […]


In 16 von April von 2018

Teile diesen Artikel

A interdisciplinaridade funciona ao buscar garantir que a construção do conhecimento seja global.

A interdisciplinaridade funciona ao buscar garantir que a construção do conhecimento seja global. Assim, espera-se que ela rompa com os limites de cada disciplina separadamente. Em poucas palavras, seu significado é: a integração global do conteúdo ensinado em algumas disciplinas, ligando o conhecimento de diferentes áreas que se cruzam de alguma forma, como música e matemática, história e português, história e geografia, entre outras.

Continue lendo e saiba como ela favorece tanto os alunos quanto os professores e, também, as instituições de ensino:
O que os alunos ganham com a quebra da barreira das disciplinas?
Os alunos aprendem a trabalhar em grupo, pois essa experiência é vivenciada diariamente no processo aprendizagem grupal. Dessa forma, os alunos não constroem o conhecimento sozinhos, mas sim, de modo contínuo e sempre interagindo com outras pessoas.

Esse conhecimento é conseguido através de práticas pedagógicas que excedem a visão ultrapassada do ensino descontextualizado e fragmentado.

O resultado é a melhora na interação com os colegas e também com os professores, além de se estender ao seu universo fora do ambiente escolar — em casa e com os amigos.
O que os professores e a escola ganham com a interdisciplinaridade?
Os educadores ampliam seus conhecimentos ao aprender mais sobre outras áreas do saber, têm menos problemas para disciplinar os alunos, além de melhorar a interação com os outros professores.

Já, a escola, ganha ao ver sua proposta pedagógica sendo executada de forma eficiente e ágil, também vê os problemas disciplinares dos estudantes diminuírem e, além disso, consegue estabelecer um relacionamento de parceria e colaboração com toda a sua equipe. A interação com toda a comunidade em que a escola está inserida também é muito favorecida.
Como um professor deve se portar para trabalhar diante dessa realidade?
O educador deve manter uma “postura interdisciplinar”, ou seja, ter uma atitude de busca, de inclusão e sempre em sintonia com o conhecimento. Ele deve focar no processo de aprendizado contínuo do aluno e de si mesmo, sempre em busca da formação do ser como pessoa integral.

A visão interdisciplinar por parte do professor supõe atitude e método, envolvendo:

Integração de conteúdos: concepção unitária do conhecimento (em vez da tradicional percepção fragmentária das disciplinas);

União entre ensino e pesquisa: ponderando-os a partir do suporte das diversas ciências envolvidas no processo do ano letivo.
Ensino de qualidade
O Colégio Suíço-Brasileiro, escola multilíngue e multicultural, sabe da importância da interdisciplinaridade e a aplica cada vez mais em projetos de ensino. Saiba mais aqui ou agende uma visita pelo telefone (41) 3525-9100.

 

 

Fonte: Infoescola; Brasil Escola.